Avisos / InformaçõesULPC-SAPO

Comunicado conjunto da União das Freguesias e Unidade Local de Proteção Civil de Santiago de Cassurrães e Póvoa de Cervães

Em reunião camarária, com foco na situação atual em que vivemos, provocada pelo COVID-19, foram definidas várias diretrizes que devem ser aplicadas em todas as freguesias do nosso concelho.

A saber:

  • As instalações da União das Freguesias encontram-se encerradas e não haverá atendimento presencial. No entanto, para assuntos urgentes e/ou outras necessidades dos fregueses, devem utilizar os contactos preferenciais já disponibilizados (Rui Valério – 924 212 752, Luís Morais – 967 991 586, Lia Coelho – 967 780 337, Email – geral@ufsantiagopovoa.pt);
  • Até junho de 2020, todas as associações devem fechar portas e cancelar toda e qualquer atividade lúdica, seja no interior ou exterior da respetiva associação (bares, Jogos de cartas, de tabuleiro, malha, fito e outros);
  • As casas de banho (WC) públicas vão ser encerradas;
  • Nos funerais (Velórios e acompanhamentos ao cemitério) apenas é permitida a presença de familiares diretos;
  • Todos os parques desportivos serão encerrados, não sendo permitida a realização de qualquer atividade desportiva;
  • Assim como os parques desportivos, também os parques infantis serão encerrados;
  • A Unidade Local de Proteção Civil vai continuar a exercer as funções que lhe estão atribuídas (intervenção em incêndios, cheias, desmoronamentos, quedas de árvores ou outras estruturas, etc.) e os seus elementos estarão disponíveis para auxiliar a população dentro das suas capacidades, incluindo o apoio social se necessário.

Todas estas medidas, e outras que venham a ser adotadas, têm como primeiro objetivo, incentivar a permanência das pessoas em casa evitando assim contactos sociais desnecessários, impedindo que o vírus se transmita.

Vivemos tempos difíceis e desconhecidos, mas estamos certos que com a ajuda de todos no cumprimento escrupuloso destas diretrizes, com o recolhimento de cada um e diminuindo ao máximo as deslocações (não é necessário o açambarcamento, pois a aquisição e distribuição de bens essenciais será sempre uma prioridade), estamos certos que iremos vencer este inimigo invisível que está a mudar as nossas vidas.

Com fé e esperança, juntos, venceremos.